Exatas UFPR

Notas do Setor

Nota oficial do Setor de Ciências Exatas à comunidade sobre os arrombamentos em seus espaços

O Setor de Ciências Exatas, ainda perplexo com a atitude da administração central, através da Suinfra, na ocupação forçada do espaço sob sua responsabilidade, esclarece que tem envidado todos os esforços na evolução da cessão de parte de seu espaço, seguindo cronograma proposto no processo 23075.161643/2016-26, com ciência e tramitação do Setor de Tecnologia e da Reitoria.

O Setor de Ciências Exatas repudia veementemente o uso da força e entende que as ações da Suinfra foram completamente desproporcionais, além de desnecessárias, já que os espaços estavam sendo liberados à medida que se tornava possível a adequada instalação dos gabinetes e demais unidades no novo prédio da Exatas. Até o momento da invasão já tinhamos concluído o repasse de todo o espaço previsto no 4o andar.

O Setor de Exatas entende como seletiva e parcial a divulgação do contido no ofício 495/16, do gabinete do reitor, que dá diretivas para ambos os setores, citando somente o item que diz respeito à Exatas e ignorando as obrigações do Setor de Tecnologia.

O Setor de Exatas ressalta a inobservância do Art. 37 do Estatuto da UFPR que determina: “São atribuições do diretor (de setor): I- praticar os atos necessários à administração da área setorial de sua jurisdição;”. A Suinfra assume competências que não estão descritas nem no regimento geral da Universidade e nem em seu Estatuto ao afirmar, em ofício, que se sua unidade é hierarquicamente superior ao setor de Ciencias Exatas, num claro desconhecimento do organograma da UFPR e das boas práticas que envolvem as relações entre suas unidades.

O Setor de Ciencias exatas nega a afirmação do Superintendente de que seus ofícios foram ignorados. Esse setor sempre enviou resposta através do processo 23075.161643/2016-26, que voltamos a enfatizar, tem norteado todo o processo de cessão de espaços.

A seguir, disponibilizamos um breve histórico dos acontecimentos:

A 663ª reunião do conselho Setorial do Setor de Ciências Exatas estabeleceu a proposta de cessão dos 3o e 4o andares do Edifício da Administração no Centro Politécnico. Como parte integrante do processo 23075.161643/2016-26 a proposta foi encaminhada ao gabinete do reitor em 14/10/2016 e ao diretor do Setor de Tecnologia em 01/11/2016.

Em setembro de 2016, seguindo o cronograma, teve início a mudança do 4o andar.

No dia 21/10/2016 o chefe do Departamento de Engenharia da Produção, atestou o recebimento das salas cedidas pela Exatas no 4o andar.

No mês de dezembro iniciou-se a mudança do 3o andar, prejudicada em seu cronograma pela interrupção dos contratos das empresas terceirizadas, entre elas as que auxiliavam o transporte e o depósito do patrimônio. O Comunicado do dia 15 de dezembro da PRA informa a INTERRUPÇÃO DO SERVIÇO DE RECOLHIMENTO AO DEPÓSITO DE INSERVÍVEIS.

Em fevereiro de 2017 o chefe do Departamento de Engenharia da produção ocupou uma das salas do 3o andar.

Em 22 de fevereiro de 2017 o Superintendente da Suinfra enviou o ofício 077/2017 ao Setor de Exatas fixando o prazo de 03 de março de 2017 para “a entrega de TODAS as chaves das dependências do 3o andar OCUPADAS OU DESOCUPADAS”. Observe-se que entre o dia 22/02/2017 e 03/03/2017 existem 4 dias uteis devido ao recesso de carnaval.

Em 23 de fevereiro de 2017 o Setor de Ciências Exatas enviou o ofício 014/2017 ao Superintendente da Suinfra informando da “IMPOSSIBILIDADE DE ATENDER O PRAZO ESTABELECIDO” e que realizará a entrega das chaves após a conclusão do processo de mudança.

No dia 02/03 a SUINFRA inexplicavelmente ARQUIVOU o processo 23075.161643/2016-26 com todos os ofícios de troca de informação entre as unidades.

Em 06 de março de 2017 o Superintendente envia o ofício 092/2017 que “assumirá a posse das dependências do 3o andar”.

Nesse mesmo dia  as 9:00 o superintendente, pessoalmente, acompanhou o arrombamento de 28 salas do Setor de Ciências Exatas, várias com objetos pessoais, computadores e moveis patrimoniados e sob responsabilidade de servidores da Exatas. Apesar de várias tentativas, por parte desse direção, a reitoria não interrompeu os arrombamentos.

As 12:59 a direção da Exatas comunicou à Reitoria, por e-mail, os arrombamentos e solicitou providências urgentes.

As 16:31 o Reitor, Ricardo Marcelo Fonseca respondeu por e-mail que “irá verificar detalhes dos fatos agora informados”.

As 18:00 os arrombamentos são concluídos.

Ainda no dia 06/03, a Direção do Setor de Ciencias Exatas solicitou a abertura de processo Administrativo Disciplinar junto a PROGEPE para apuração da responsabilidade sobre os fatos ocorridos.

Curitiba, 10 de março de 2017.

Direção do Setor de Ciências Exatas