Exatas UFPR

Programas de pós-graduação das exatas sobem na avaliação da Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou nesta semana o resultado da primeira fase da avaliação quadrienal dos programas de pós-graduação do país. Dentre os cinco programas do Setor de Ciências Exatas, quatro aumentaram a nota na avaliação.

Educação em Ciências e Matemática subiu de 3 para 4, Informática e Matemática de 4 para 5 e Química de 6 para 7 — maior nota atribuída pela Capes. O programa de pós-graduação em Física manteve o bom resultado obtido em 2013, consolidando a nota 6.

Sobre a avaliação

A avaliação desenvolvida pela Capes é requisito para a permanência dos programas de pós-graduação no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG). Os programas são divididos em 47 áreas de avaliação e recebem notas de 1 a 7. A avaliação é feita com base nos dados submetidos no portal da Capes no período anterior e define se o programa continuará funcionando pelos anos seguintes.

Próximas etapas

Os coordenadores podem realizar pedidos de reconsideração da avaliação de seus programas até 20 de outubro. A divulgação do resultado final está prevista para 20 de dezembro.

Para mais detalhes, consulte o site da avaliação quadrienal.

Turma Honors de Cálculo recebe certificados de aprovação

No dia 4 de julho ocorreu a cerimônia de entrega de certificados de aprovação na Turma Honors de Cálculo, ofertada pelo Departamento de Matemática. Estiveram presentes os professores Alexandre Trovon, vice-diretor do Setor de Exatas, Julio Gomes, diretor do NAA, Tatiana Riechi do Departamento de Psicologia e do recém-criado grupo de trabalho da UFPR para alunos com altas habilidades, Coordenadores de Cursos envolvidos no projeto, docentes do DMAT e também os alunos aprovados (21 de 23 matriculados), familiares e amigos.

A Turma Honors é uma das iniciativas do Departamento de Matemática que visa atender todos os perfis de estudantes matriculados no curso. O intuito é aumentar a qualidade das aulas e o rendimento dos estudantes.

Essas turmas de excelência foram criadas para acolher os alunos com mais facilidade e destreza para matemática, para que tenham a oportunidade de desenvolver ainda mais suas habilidades.

Diante do bom andamento do projeto, no próximo semestre será oferecida uma turma Honors de CM005 – Álgebra Linear.

Fotos da cerimônia estão disponíveis no link https://goo.gl/photos/4aniGKmLLTZrhhCj8

Matematiza 2017 acontece em julho

O Matematiza é uma oficina direcionada a alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental, a ser realizada nos dias 20 e 21 de julho. O tema a ser trabalhado será “números, triângulos e produtos”.

Durante a oficina os alunos poderão construir, a partir dos produtos notáveis, o triângulo aritmético (ou de Pascal) e verificar a presença de algumas sequências de números figurados.

O evento é organizado pelo Programa de Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência Matemática 1 e as inscrições podem ser através dos links:

http://ufpr.sistemaspibid.com.br/site/projects/5/paginas/376

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfVZ1Hl02W8yx1ds8Wb5VdmRlfGz7gjgDtymsMDn4LXhR8BpQ/viewform?c=0&w=1

Brincando de Matemático chega a 13ª edição

Estão abertas, a partir dia 1º de junho até 10 de julho, as inscrições para a atividade de extensão 13º Brincando de Matemático, promovida pelo Programa de Educação Tutorial Matemática (PET) e pelo Departamento de Matemática da UFPR. A atividade será realizada entre os dias 18 e 21 de julho de 2017 no Centro Politécnico da UFPR, no Jardim das Américas, das 13h30 às 17h30.

O evento ocorrerá no período de férias escolares, com o objetivo de facilitar a participação dos estudantes. Será fornecido certificado para os estudantes que participarem de todas as atividades. O público-alvo são os alunos de Ensino Médio de estabelecimentos públicos e particulares de Curitiba e Região Metropolitana. Em cada um dos dias, será tratado um assunto referente ao tema central do evento – Números: O Império Irracional. A ideia é oferecer aos estudantes de Ensino Médio a possibilidade de aprenderem um tema um pouco mais avançado, porém, apresentado de maneira acessível e interessante. As aulas serão ministradas por acadêmicos do Curso de Matemática, sendo que todas as atividades são acompanhadas por docentes do Departamento de Matemática da UFPR e a atividade como um todo é planejada, gerida e coordenada pelo PET – Matemática.

As inscrições para o Brincando são totalmente gratuitas e devem ser feitas, diretamente pelos alunos interessados, exclusivamente pelo site do PET Matemática. Vagas limitadas.

Demais informações através do telefone 41 3361-3672 ou do e-mail petmatufpr@gmail.com.

Veja a reportagem da UFPR TV sobre a última edição do evento.

 

Pint of Science reúne pessoas para falar de ciência de um jeito divertido

Com ocorrência no mundo todo, a nossa cidade sedia o Pint of Science pela primeira vez, graças ao professor Lauro Luiz Samojeden, chefe do Departamento de Física, que tomou a frente para a organização desse projeto em Curitiba. O evento tem como objetivo promover debates  interessantes e divertidos em ambientes agradáveis.  Os temas, pesquisas atuais e relevantes, serão transmitidas ao público de forma didática.

O evento ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de maio, em bares espalhados pela cidade. A ideia é que temas como, a origem do universo, células tronco, a influência da lua sobre os seres humanos, privacidade digital, entre outros, sejam expostos e debatidos de maneira leve e descontraída.

Com o objetivo de levar pesquisas científicas para a rua, o Pint of Science estará ocorrendo em mais de 100 cidades, distribuídas em 11 países que sediam o evento. Entre esses 11 países está o Brasil, que começou sua participação timidamente em 2015, e neste ano, terá aproximadamente 22 cidades participantes.

O evento têm seu funcionamento a partir de voluntariado e chegou em Curitiba com Lauro Luiz Samojeden, Professor e Chefe de Departamento de Física da UFPR, que se prontificou a organizar uma equipe, para que o evento acontecesse na capital paranaense.  Samojeden, aproveitou sua rede de contatos, para colocar entre os palestrantes, pesquisadores e professores da Universidade,  aproveitando o evento para mostrar à sociedade as pesquisas científicas que têm sido desenvolvidas dentro da UFPR.

Toda a organização foi feita pelo grupo de colegas de departamento e por alguns alunos da pós graduação. E todos os investimentos foram feitos pelos mesmos, já que o evento em Curitiba não teve patrocinadores.

Samojeden está positivo quanto ao desenvolvimentos do festival, para ele  “fazendo sucesso essa primeira edição, espero que existam vários pedidos de colegas querendo participar com apresentações, e também mais locais interessados em sediar essas palestras no ano que vem, para que haja a participação de outras áreas.”

Programação

Segunda – feira (15)

Hop’n Roll Beer Club: Células Tronco: um curinga em nosso corpo, das 19h30 às 21h.

Cervejaria Bodebrown: A evolução do Universo: da grande explosão aos dias atuais, das 19h30 às 21h.

Trapista Hamburgueria & Cervejaria: O DNA: muito além da beleza, das 19h30 às 21h.

Terça – feira (16)

Hop’n Roll Beer Club: Física Quântica para Leigos, das 19h30 às 21h.

Cervejaria Bodebrown: A pequena-grande revolução, como a nanotecnologia está mudando as nossas vidas, das 19h30 às 21h.

Trapista Hamburgueria & Cervejaria: Você sabe de onde você veio? Propostas sobre a origem da vida, das 19h30 às 21h.

Quarta – feira (17)

Hop’n Roll Beer Club: Mosquito aedes aegypti e aranha marrom: como a ciência pode ajudar a controlá-los?, das 19h30 às 21h.

Cervejaria Bodebrown:  A influência da Lua sobre os seres vivos, das 19h30 às 21h.

Trapista Hamburgueria & Cervejaria: Privacidade digital na era da espionagem, das 19h30 às 21h.

Endereços

Hop’n Roll Beer Club: R. Mateus Leme, 950 – Centro Cívico.

Cervejaria Bodebrown: R. Carlos de Laet, 1015 – Hauer.

Trapista Hamburgueria & Cervejaria: Rua Dr. Goulin, 257 – Alto da Glória.

 

Por Melora Moura

Nota oficial do Setor de Ciências Exatas à comunidade sobre os arrombamentos em seus espaços

O Setor de Ciências Exatas, ainda perplexo com a atitude da administração central, através da Suinfra, na ocupação forçada do espaço sob sua responsabilidade, esclarece que tem envidado todos os esforços na evolução da cessão de parte de seu espaço, seguindo cronograma proposto no processo 23075.161643/2016-26, com ciência e tramitação do Setor de Tecnologia e da Reitoria.

O Setor de Ciências Exatas repudia veementemente o uso da força e entende que as ações da Suinfra foram completamente desproporcionais, além de desnecessárias, já que os espaços estavam sendo liberados à medida que se tornava possível a adequada instalação dos gabinetes e demais unidades no novo prédio da Exatas. Até o momento da invasão já tinhamos concluído o repasse de todo o espaço previsto no 4o andar.

O Setor de Exatas entende como seletiva e parcial a divulgação do contido no ofício 495/16, do gabinete do reitor, que dá diretivas para ambos os setores, citando somente o item que diz respeito à Exatas e ignorando as obrigações do Setor de Tecnologia.

O Setor de Exatas ressalta a inobservância do Art. 37 do Estatuto da UFPR que determina: “São atribuições do diretor (de setor): I- praticar os atos necessários à administração da área setorial de sua jurisdição;”. A Suinfra assume competências que não estão descritas nem no regimento geral da Universidade e nem em seu Estatuto ao afirmar, em ofício, que se sua unidade é hierarquicamente superior ao setor de Ciencias Exatas, num claro desconhecimento do organograma da UFPR e das boas práticas que envolvem as relações entre suas unidades.

O Setor de Ciencias exatas nega a afirmação do Superintendente de que seus ofícios foram ignorados. Esse setor sempre enviou resposta através do processo 23075.161643/2016-26, que voltamos a enfatizar, tem norteado todo o processo de cessão de espaços.

A seguir, disponibilizamos um breve histórico dos acontecimentos:

A 663ª reunião do conselho Setorial do Setor de Ciências Exatas estabeleceu a proposta de cessão dos 3o e 4o andares do Edifício da Administração no Centro Politécnico. Como parte integrante do processo 23075.161643/2016-26 a proposta foi encaminhada ao gabinete do reitor em 14/10/2016 e ao diretor do Setor de Tecnologia em 01/11/2016.

Em setembro de 2016, seguindo o cronograma, teve início a mudança do 4o andar.

No dia 21/10/2016 o chefe do Departamento de Engenharia da Produção, atestou o recebimento das salas cedidas pela Exatas no 4o andar.

No mês de dezembro iniciou-se a mudança do 3o andar, prejudicada em seu cronograma pela interrupção dos contratos das empresas terceirizadas, entre elas as que auxiliavam o transporte e o depósito do patrimônio. O Comunicado do dia 15 de dezembro da PRA informa a INTERRUPÇÃO DO SERVIÇO DE RECOLHIMENTO AO DEPÓSITO DE INSERVÍVEIS.

Em fevereiro de 2017 o chefe do Departamento de Engenharia da produção ocupou uma das salas do 3o andar.

Em 22 de fevereiro de 2017 o Superintendente da Suinfra enviou o ofício 077/2017 ao Setor de Exatas fixando o prazo de 03 de março de 2017 para “a entrega de TODAS as chaves das dependências do 3o andar OCUPADAS OU DESOCUPADAS”. Observe-se que entre o dia 22/02/2017 e 03/03/2017 existem 4 dias uteis devido ao recesso de carnaval.

Em 23 de fevereiro de 2017 o Setor de Ciências Exatas enviou o ofício 014/2017 ao Superintendente da Suinfra informando da “IMPOSSIBILIDADE DE ATENDER O PRAZO ESTABELECIDO” e que realizará a entrega das chaves após a conclusão do processo de mudança.

No dia 02/03 a SUINFRA inexplicavelmente ARQUIVOU o processo 23075.161643/2016-26 com todos os ofícios de troca de informação entre as unidades.

Em 06 de março de 2017 o Superintendente envia o ofício 092/2017 que “assumirá a posse das dependências do 3o andar”.

Nesse mesmo dia  as 9:00 o superintendente, pessoalmente, acompanhou o arrombamento de 28 salas do Setor de Ciências Exatas, várias com objetos pessoais, computadores e moveis patrimoniados e sob responsabilidade de servidores da Exatas. Apesar de várias tentativas, por parte desse direção, a reitoria não interrompeu os arrombamentos.

As 12:59 a direção da Exatas comunicou à Reitoria, por e-mail, os arrombamentos e solicitou providências urgentes.

As 16:31 o Reitor, Ricardo Marcelo Fonseca respondeu por e-mail que “irá verificar detalhes dos fatos agora informados”.

As 18:00 os arrombamentos são concluídos.

Ainda no dia 06/03, a Direção do Setor de Ciencias Exatas solicitou a abertura de processo Administrativo Disciplinar junto a PROGEPE para apuração da responsabilidade sobre os fatos ocorridos.

Curitiba, 10 de março de 2017.

Direção do Setor de Ciências Exatas

 

 

Matemático do Impa é agraciado com título de Doutor Honoris Causa da UFPR

No dia 11 de outubro de 2016 foi outorgado pela UFPR o título de Doutor Honoris Causa ao Prof. César Camacho, matemático do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA.

O professor Cesar Camacho é pesquisador destacado mundialmente, atuando principalmente na teoria matemática das folheações.

Camacho formou-se em matemática no início dos anos 60, na Faculdade de Ciências da Universidade Nacional de Engenharia – UNI de Lima, um dos centros de estudos científicos e técnicos mais importantes
do Peru, e dessa instituição nunca se desligou emocionalmente.

É membro titular da Academia Brasileira das Ciências e foi diretor do Instituto de Matemática Pura e Aplicada – IMPA. O IMPA é uma instituição acadêmica brasileira destacada mundialmente na área da Matemática, destacando-se como liderança na América Latina.

Nos anos 90 incentivou e promoveu a criação do Instituto de Matemática e Ciências Afins – IMCA no Peru (1994), com sede em Lima, uma instituição modelada no IMPA e com parcerias com o próprio IMPA, o ICTF da Itália e outras, sendo atualmente o Presidente do seu Conselho Científico Internacional. O IMCA está ligado principalmente à UNI e oferece cursos de mestrado e doutorado em matemática em diversas áreas; alguns professores deste Setor de Ciências Exatas já o visitaram.

Como diretor Cesar Camacho conseguiu grande expansão na atuação do IMPA, motivando empresas a apoiarem a pesquisa, a educação e a pós-graduação em Matemática e em Matemática Aplicada.

Vale ressaltar que Camacho é o pai do programa das Olimpíadas Brasileiras de Matemáticas das Escolas Públicas – OBMEP, cujo benefício se reflete no país inteiro. Quase 19 milhões alunos das escolas publicas participam da OBMEP a cada ano.

Ele estabeleceu programas para alunos premiados, buscando o aperfeiçoamento de habilidades em todos os níveis, por meio de bolsas de iniciação cientifica e de mestrado em Matemática. Vários dos alunos do Programa de Pós Graduação em Matemática deste setor são fruto direto da OBMEP.

Foi por meio de Cesar Camacho que se consolidaram importantes parcerias entre o IMPA e a UFPR, em especial o programa de pós-graduação em Matemática, através de bolsas de estudos, e projetos para o desenvolvimento da pesquisa em matemática, matemática industrial e matemática aplicada na UFPR.

Para nós do Setor de Ciências Exatas, e em particular do Departamento de Matemática da UFPR, é uma satisfação participarmos da justa e merecida outorga do título de Dr. Honoris Causa ao professor Cesar Camacho.

Mais informações e fotos do evento no link a seguir:
http://www.ufpr.br/portalufpr/blog/noticias/matematico-do-impa-e-agraciado-com-titulo-de-doutor-honoris-causa-da-ufpr/

Nota de esclarecimento às comunidades de ciências exatas e tecnologia

Na intenção esclarecer a comunidade acadêmica a respeito das recentes discussões acerca do espaço físico no âmbito dos Setores de Ciências Exatas e Tecnologia, de forma pública e transparente, esta Direção manifesta-se da seguinte forma.

Desde sua origem, os Setores de Ciências Exatas e Tecnologia interagem academicamente, através de um contínuo diálogo, preservando a pluralidade de ideias e valores. Juntos, formamos milhares de alunos e realizamos centenas de projetos de pesquisa, ensino e extensão. Prova disso é a recente discussão voltada à melhoria dos cursos de graduação. Temos certeza que nenhuma universidade de excelência pode existir sem ampla cooperação e interação entre esses dois setores.

Em todos esses anos as comunidades de exatas e tecnologia fizeram acordos sobre recursos e espaço físico de maneira pacífica e consensual. Infelizmente, as discussões sobre espaço físico transformaram-se num embate desnecessário, afinal, cremos que não há divergência quanto ao objetivo final da completa desocupação do 3° e 4° andares do Prédio da Administração, apenas a forma e o prazo em que isso deve ocorrer necessitam ser discutidos a fim de não causar prejuízo às partes envolvidas.

Reiteramos nossa intenção em continuar a discussão sobre o assunto, sem causar prejuízos acadêmicos como àqueles decorrentes da intempestiva desocupação do Laboratório de Bioprocessos e Biotecnologia.

É justamente por esse motivo, e pela crença numa discussão coletiva e transparente sobre a matéria, que divulgamos toda a documentação pertinente ao assunto no seguinte endereço:

Documentos

Marcos Sunye

Diretor do Setor de Ciências Exatas

PET Matemática traz alunos do Ensino Médio para passar um dia no curso

No próximo dia 12 de agosto de 2016, sexta-feira, das 9h às 17h, ocorre no Centro Politécnico o evento “Um dia na Matemática”, organizado pelo Programa de Educação Tutorial de Matemática (PET).

A UFPR TV produziu um vídeo informativo sobre a programação:

O objetivo é trazer estudantes do 3o ano do Ensino Médio para conhecer e vivenciar como é um dia no curso de Matemática.

Tanto o programa quanto a forma de inscrição estão disponíveis no site do evento.

Os estudantes que se inscreverem até o próximo domingo, 7 de agosto, poderão ter acesso ao Restaurante Universitário almoçando ao preço de R$ 6,00 (seis reais).

Brincando de Matemático chega a 12ª edição

O Departamento de Matemática e o Programa de Educação Tutorial de Matemática (PET) promoveram a 12ª edição do Brincando de Matemático, que ocorreu de 19 a 22 de julho no Setor de Ciências Exatas da UFPR. O evento aproxima universidade e alunos do ensino médio por meio de atividades que despertam o interesse e buscam desmistificar a matemática aos estudantes.

Maiores detalhes seguem nos links abaixo, contendo um vídeo e o material divulgado o evento.

Para futuras mais informações, acesse o site do PET Matemática.

Curitiba sedia 20º Encontro Brasileiro de Topologia

Os Encontros Brasileiros de Topologia tiveram início em 1979 e vêm sendo realizados a cada 2 anos desde 1980. Eles têm a característica de oferecer atividades de nível avançado para os pesquisadores e doutorandos e também atividades de nível médio para alunos de mestrado e início de doutorado.

Os objetivos do encontro são:

  • Incentivar e fortalecer o intercâmbio entre topólogos brasileiros e estrangeiros;
  • Apresentar teorias e resultados recentes, principalmente aqueles que abrem novas linhas de pesquisa;
  • Atrair e estimular estudantes de bom nível para a pesquisa.

Nessa edição, que é a vigésima, temos a satisfação de sediar o evento em Curitiba, numa parceria entre o Departamento de Matemática da UFPR e o Departamento Acadêmico de Matemática da UTFPR.

A cerimônia de abertura contou com com a presença dos reitores da UFPR e UTFPR e autoridades de ambas instituições.

Veja a seguir reportagem produzida pela UFPR TV.

Para mais detalhes acesse a página do encontro: www.20ebt.ufpr.br/

Professor Aldo Zarbin Assume presidência da Sociedade Brasileira de Química

No dia 02/06/2016 o professor Aldo Zarbin, do Departamento de Química, assumiu a presidência da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) para o biênio 2016-2018. A SBQ é uma das maiores sociedades científicas do Brasil e a maior de Química da América Latina. O professor Aldo já havia sido Diretor da Divisão de Química de Materiais da SBQ de 2008 a 2010. Doutor em Química pela Universidade Estadual de Campinas (1997), o professor realizou Pós Doutorado no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (1997-1998).

No Departamento de Química da Universidade Federal do Paraná é líder do Grupo de Química de Materiais (GQM), desenvolvendo pesquisas relacionadas à síntese, caracterização, estudo de propriedades e aplicações de materiais em escala nanométrica, como nanotubos e outras formas de carbono, nanocompósitos, nanopartículas metálicas, vidros porosos, polímeros condutores e óxidos de metais de transição.

Registramos aqui nossos parabéns ao Prof. Aldo pelo reconhecimento de sua competência científica, certos de seu sucesso frente à SBQ.

Projetos de pesquisa das exatas são contemplados no Edital INCTs (Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia)

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgaram o dia 11/05 a relação dos projetos de pesquisa que receberam recomendação para financiamento no Edital INCTs (Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia).

Do total de 345 propostas submetidas, 252 foram selecionadas na fase inicial. Todas as 345 propostas foram avaliadas por, no mínimo, três consultores ad hoc internacionais e posteriormente pelo Comitê Julgador, que esteve reunido na sede do CNPq no período de 25 a 28 de abril de 2016.

A lista dos contemplados, e seus respectivos proponentes, encontra-se no site do CNPq.

Esse foi o maior edital da história do CNPq, com R$ 641,8 milhões destinados a pesquisadores de reconhecida competência e capacidade para liderar projetos complexos.

Parabenizamos aos Professores: Ivo Hummelgen, Lucimara Roman e Alice Grimm, do Departamento de Fisica; Aldo Zarbin, Elisa Orth, Luiz Humberto Marcolino Jr e Marcio Bergamini, do Departamento de Química; Aldri Santos e Michele Nogueira do Departamento de Informática; Yuan Jin Yun do Departamento de Matemática que tiveram projetos contemplados nesse edital.

Professora do Departamento de Química recebe prêmio internacional em Paris

ElisaNuma cerimônia realizada em Paris no dia 24/03, a Professora Elisa Orth, do Grupo de Catálise e Cinética (GCC) do Departamento de Química da UFPR, recebeu o prêmio da L’Oreal Foundation. Na cerimônia, a professora representou as vencedoras do Brasil no Internacional Rising Talents.

A comunidade do Setor de Ciências Exatas felicita a professora Elisa por essa importante conquista.

O link a seguir contém mais informações sobre a premiação e uma entrevista
com a professora Elisa.

https://www.ufpr.br/portalufpr/blog/noticias/professora-elisa-orth-do-departamento-de-quimica-recebe-premio-international-rising-talents-neste-dia-24-em-paris/

Experimentos na UFPR tornam mais fácil aprender física e matemática

Melhorar a compreensão sobre a física e a matemática por meio de aulas experimentais é o objetivo do Fibra: Brincando e Aprendendo. O projeto de extensão do Departamento de Física da Universidade Federal do Paraná (UFPR) demonstra na prática que os fenômenos físicos não são tão complicados quanto parecem. Aulas sobre inércia, movimento, ondas e choques aproximam a teoria do cotidiano dos alunos.

Anualmente cerca de 8 mil alunos de escolas públicas e privadas da região metropolitana de Curitiba são recebidos no projeto. Os experimentos são coordenados pelos estudantes do quarto ano do curso de física da UFPR. Os futuros físicos não utilizam fórmulas, mas apenas demonstrações práticas. Nesse ambiente descontraído e lúdico, o raciocínio lógico-científico do aluno é estimulado, mostrando que aprender física pode ser divertido.

A simulação do céu noturno é outra atividade interessante oferecida pelo Centro de Divulgação de Física da UFPR por meio do Projeto Astro. Em um planetário móvel, os alunos do nono ano do ensino fundamental assistem projeções sobre as constelações ao mesmo tempo que recebem orientações do alunos da UFPR. Essas experiências visam a popularização da ciência, incentivando estudantes para carreiras científicas e tecnológicas.

Serviços – Além do incentivo à ciência, a UFPR oferece gratuitamente serviços de assessoria jurídica nas áreas cível, penal, trabalhista e previdenciária. Durante o período letivo, também está disponível no campus universitário um pronto-atendimento odontológico. Serviços emergenciais e de odontologia social e preventiva, como por exemplo periodontia, prótese dentária, cirurgia, odontopediatria e implante dentário, são oferecidos à sociedade.

Já os alunos de graduação e pós-graduação do curso de psicologia realizam um acompanhamento psicológico individual. Crianças, adolescentes, adultos e idosos em situações de risco, perda, ou com dificuldades de aprendizagem, podem solicitar o serviço na secretaria do curso.

Outra iniciativa que busca aproximar a sociedade da comunidade acadêmica é o projeto do Núcleo de Comunicação e Educação Popular. Por meio de programas de rádio e TV e informativos impressos e on-line os estudantes promovem uma discussão sobre o papel e o sentido dos meios de comunicação em relação ao exercício da cidadania.

Acesse a página da UFPR para conhecer os serviços disponíveis

Entenda como participar do Fibra

Retirado do site: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=33071:experimentos-de-universidade-paranaense-tornam-mais-facil-aprender-fisica-e-matematica&catid=212&Itemid=86